quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013


Quando  te vejo o meu coração acelera, bate mais forte, os meus sentimentos ficam confusos, e fica difícil de entender o que realmente sinto por ti. Não existe nenhuma palavra mais certa para definir esse sentimento,sei apenas que lá vem de dentro, do meu coração. Em momentos sou  medrosa, a coragem falta em mim, nos momentos que mais preciso, o medo é quem mais me persegue. :$
Passo noites em branco, não há nenhuma forma de entender o amor. Apenas sei que um dia ou outro o que sinto acabar e tudo vai voltar a ser como ela antes.

2 comentários:

Enfim Shakespeare disse...

Amei a forma que você descreveu como nos sentimos quando estamos apaixonados

http://enfimshakespeare.blogspot.com.br/

Diana Estima disse...

Muito obrigada princesa <3

Tradução#

Eu :3

Eu :3
Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso não tem importância, pois nada tem importância. Faço paisagens com o que sinto. Faço férias das sensações. Compreendo bem as bordadoras por mágoa e as que fazem meia porque há vida [...] Estas confissões de sentir são paciências minhas. - Fernando Pessoa

Procura aqui (:

Mensagens + vistas !

Blog*

Com tecnologia do Blogger.